Translate this blog select a language

Seguidores

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Galiza - Quando não há pão, come-se broa .....

Lá diz o velho ditado quando não há pão, come-se broa e em Agosto mês de férias parece que os sargos na Galiza também foram ferias. Mais uma vez me desloquei à Galiza à procura os sargos, só que desta vez nem os vi, havia algumas condições para se fazer este tipo de pesca. Ondulação a rondar os 2 m sem vento estas eram as condições favoráveis as desfavoráveis era as águas estavam límpidas e fazia muito sol.
Depois de bater vários locais, lá começamos a ver os peões afundarem não eram aqueles "toques" que se esperávamos mas luta era boa e então começam a dar os suspeitos que não esperávamos. Acabou por ser uma jornada engraçada com muito peixe, com boas lutas, com algumas perdas e no fundo testamos o material quanto a sua resistência, também testamos a nossa resistência depois no final a carregar o peixe todo, quase 2 Km com 35Kg de peixe as costas.
Como neste momento não tenho maquina tirei algumas fotos que não saíram grande coisa, aqui fica uma dessas fotos para testemunhar a pescaria do peixe-porco.


Boas pescarias

2 comentários:

Paulo Lourenço disse...

que grande vara de porcos!! ao fim do dia o bracinho estava cansado!! bela teca!!

Milton Morais disse...

Mas que grande teca...já não apanho um desses á uns aninhos.

Abração
Milton