Translate this blog select a language

Seguidores

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Galiza - A Primeira Pesca de 2010

No Domingo dia 17 aproveitando uma trégua do vento e apesar da ondulação ser um pouco forte, decidimos fazer uma fugida a Galiza para ver como andavam por lá os sargos.
Sete amigos partiram por volta das 3 da manha, a chegada foi por volta das 6 horas. Chovia um pouco, aquela chuva molha tolos (neste caso éramos nós), bem equipados e lá fomos para o pesqueiro ainda de noite. Vento, como a previsão do windguru não havia e o mar estava realmente forte e a maré estava a vazar até perto das 11 horas. Depois de escolher o local, porque não havia muitos devido a forte ondulação, fiz uns poucos lançamentos no local eleito e nem um toque, também devido a corrente produzida pela ondulação não conseguia segurar o peão num local fixo.
Decidi mudar de local os meus amigos também já se tinham mudado pelo facto do local onde iniciaram não ter peixe, foi no percurso que escolhi um local por onde todos já tinham passado que decidi tentar a sorte.
Pensei cá para comigo, se miguem ficou aqui é porque não tem condições, no entanto havia uma pedra mais alta que me chamava a atenção, só que teria de fazer lançamentos com cerca de 30 metros sobre pedras para atingir o local pretendido.
O material que tinha dava-me alguma confiança, cana de 7 metros e carreto 10000 de uma marca conceituada com muita recuperação (alguém me gozou pelo meu material).
Vai de fazer o primeiro lançamento, sempre com receio, porque proporcionava para perder material, os meus receios começavam a confirmar quando o peão se dirigiu para uma pedra ilhada onde acabava a rebentação, sinto de repente um esticão no fio que estava tenso, deixo de ver o peão sinto a cana bater. O primeiro sargo estava ferrado, agora era trazer até a mim por cima daquelas pedras todas e esperar que o fio não cede-se, aproveitando a ondas la consegui trazer até uma pedra onde o poisei, foi uma vitoria que me deu confiança.
Voltei a lançar e sempre na expectativa de perder material quando as ondas levassem o peão para as pedras, o facto é que quando pensava que ia perder material um sargo bondoso ajudava e puxava o peão. Foi sempre uma batalha trazer o peixe até mim, talvez por isso me deu tanto prazer aquela pesca, assim aconteceu por 6 vezes uma das quais fui presenteado com um sargo com 1,200kg e outros 2 com cerca de kilo.

Cansado daquela luta, o guerreiro também precisava de abastecer o corpo e a fomos a terceira parte também muito importante nesta actividades.
Depois de refeito, voltei ao local mas já não tinha condições porque a maré estava a encher e varria tudo, mesmo assim arrisquei e fiz um único lançamento que me deu mais um sargo. Não deu para continuar mais, ainda molhei os pés que me deu um susto.
Voltei ao primeiro local onde iniciei a pescaria, também não havia muitas alternativas, como a maré estava a encher naquele local comportava-se de maneira diferente e permitia pescar ainda com alguma dificuldade.Fiz mais alguns lançamentos que me renderam mais 5 peixes, estava na hora de regressar e a pesca estava feita.
Desta vez não se saí nada mal, os treinadores, os professores e os outros todos ninguém gradou e viemos satisfeitos.
Por causa da previsão de chuva não levei a maquina e só fiz as fotos em casa e aqui ficam os registos





Boas Pescarias

6 comentários:

PêJotaFixe disse...

Amigo,
Belos Matateus! Com o grelhador ao fundo, na foto, dá para entender onde vão parar. Eheheh

Abraço e saudações piscatórias

Ricardo disse...

Boas Vicius,
sem duvidas uma excelente pescaria que fizeste pelos lados da Galiza. És de Leiria? Eu sou de Leiria e ultimamente o pessoal aqui da zona tem se reunido para fazer fins de semana de pesca na Galiza e pelos vistos tem valido a pena. Tambem estou a pensar em ir lá um dia destes. ;-)
Continuação de uma boas pescarias.

Um abraço

FISGOPEIXE disse...

são realmente uns belos exemplares, parabéns.

Jose disse...

Onte atopamos a moitos compatriotas seus pola zona de cabo Udra.
Realmente sodes uns mestres na arte de pescar o sargo.
Un saúdo desde Pontevedra.

joao alexandre marques disse...

Boas Vicius, bons exemplares, também eu sou "aficionado" da pesca na Galiza e também com bons resultados.Temos amigos comuns.
Gostava também de partilhar algumas fotos, por ex. de um "pinto" com 3,250Kg, algo de espectacular.

Um grande Abraço e boas pescarias.

Azoresub-Bluewater disse...

Gandes sargos!!! Parabens! ;)


http://azoresub-bluewater.blogspot.com/